4 formas de consumir proteínas sem precisar comer carne

Varie a alimentação de maneira saudável sem deixar de consumir a proteína que a carne possui

Diminuir a quantidade de carnes pode fazer super bem à sua saúde. Um estudo publicado pela Universade de Harvard (EUA), realizado com mais de 120 mil pessoas ao decorrer de 20 anos, demonstrou que quem come menos carne vermelha pode viver mais e tem menos chances de contrair doenças cardíacas.

Laticínios

Leites, queijos e iogurtes não só são muito saborosos como são, também, grandes aliados na sua alimentação. Contudo, procure optar pelas versões desnatadas e pelo queijo branco – queijos amarelos contêm muita gordura saturada.

Saiba mais:

Glúten e lactose fazem mal?

Ovos

Um simples ovo de galinha pode conter até 9 gramas de proteína, além de vários nutrientes benéficos à saúde. Contudo, é importante estar atento ao modo de preparo. É bom evitar ovos fritos com muito óleo e totalmente “bem passados”. Quando as bordas começam a se queimar, é sinal de excesso de gordura saturada.
Além disso, cozinhar demais os ovos pode levar à saturação das vitaminas. O ovo ideal deve ser cozido entre 3 e 4 minutos, ficando com a gema levemente mole.

Grãos

Grãos são alimentos ricos em fibras, que melhoram o processo digestivo e dão aquela sensação de saciedade. Sabia que o arroz com feijão forma uma ótima combinação proteica? Além disso, também podemos variar o cardápio com milho, ervilhas e lentilha.

Folhas

Elas podem não ser, exatamente, substitutas da carne, mas ajudam a proteína dos outros alimentos a ser melhor absorvidas pelo seu intestino. Além disso, por serem ricas em água e fibras, facilitam a digestão.

Veja mais:

Aprenda a fazer saladas da maneira correta